segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Resumo e comentário do livro "A megera domada", de William Shakespeare

Para ler o livro online: http://www.ebooksbrasil.org/eLibris/megera.html

RESUMO:  A obra "A megera domada" trata de Catarina, uma mulher bonita, mas com um gênio muito forte. Ela desperta pavor em todos os homens, pois é inquieta e feroz. Não é à toa que ela é chamada de megera. Filha mais velha de Batista, tem uma irmã mais nova (Bianca) que, ao contrário dela, tem vários pretendentes amorosos, que fariam de tudo para ter a sua mão. Como Catarina não tem pretendentes, Batista promete que só irá dispor a mão de Bianca se um cavalheiro tomar a mão de Catarina. Isso criou um alvoroço geral, pois ninguém no momento estava disposto a viver um inferno eterno ao lado da megera. Porém, com a chegada de Petrucchio à cidade, milhonário disposto a aumentar sua fortuna, o escândalo é resolvido. Seus amigos falam da megera e seu gênio terrível para ele, que fica ansioso para conhecê-la e se casar com ela. Petrucchio se dispõe de vários truques para conquistar e domar Catarina. Logo no primeiro encontro, ele ignora as palavras rudes e as ofensas de Catarina, recebendo-as como carícias. Pouco depois, a megera começa a se tranformar e se casa com Petrucchio, mas jura não ceder a ele enquanto o mesmo não lhe agradar. Com essa condição, ele começa a exigir dos criados o maior cuidado possível com Cata (assim chamada pelo marido), mostrando sua carência para com ela. Catarina acaba cedendo à Petrucchio, para espanto de todos, e ao final, passa um sermão nas amigas, dizendo que as mulheres devem ser gratas e servirem aos maridos, pois eles se arriscam para agradá-las.
COMENTÁRIO: Shakespeare consegue, com sucesso, expressar o paradoxo que é a personalidade da mulher e, ao final, nos mostra a submissão da esposa ao marido de um outro ângulo.Catarina se submete à Petrucchio, mas não por ele ser homem e ter autoridade, mas por ele amá-la e fazer de tudo para que ela seja feliz.

12 comentários:

  1. Os seres humanos, sejam homens ou mulheres, tomam uma postura mais desagradável por pura auto-proteção, só mesmo quando achar que a pessoa é confiável que pode abaixar a guarda.

    ResponderExcluir
  2. Não sou tão fã de Shakespeare mas a sua incrível capacidade de premeditar as coisas é totalmente perceptível nos seus textos.

    ResponderExcluir
  3. Concordo com Leonardo em seu comentário. Catarina era julgada por ser rude e desagradável, mas agia assim porque não confiava em ninguém, ou melhor, em nenhum homem. Só baixou a guarda no momento em que encontrou o verdadeiro amor e foi correspondida sinceramente.

    ResponderExcluir
  4. Excelente resumo! A trama nos faz pensar realmente em quem domou a megera- a persistência do marido ou o amor que ela ainda não conhecia? Acho que o amor é que foi capaz de domá-la.

    ResponderExcluir
  5. lindo ameei..Shackespeare senti em qualquer história da mais agradavel até a mais obscura sua profunda realidade se megera domada fosse como sua irmã talvez sua confiança não fosse tão severa e isso não seria algo tão bom assim pois a inspiração de Willian vem de um conto escelente. Ameei de verdade.. um Beijo a todos.

    ResponderExcluir
  6. Resumiu muito bem, e comentou com perfeição parabéns.

    ResponderExcluir
  7. isso dá novela....acho que vou escrever o cravo e a rosa..

    ResponderExcluir
  8. ENTENDER O CORAÇÃO HUMANO É PLENAMENTE IMPOSSIVEL, MAS MUITO MAIS MISTERIOSO E AO MESMO TEMPO MUITO DELICADO, É O CORAÇÃO DE UMA MULHER. ENTRETANTO SE ELA FAZ SILENCIO, MUITO MAIS DIFICIL SE TORNA COMPREENDE-LA. O MEDO DE SER INFELIZ FAZ COM QUE MUITAS MULHERES SEJAM REALMENTE INFELIZES. SE TORNEM INFELIZES POR NADA TENTAREM EM FAVOR DA PROPRIA FELICIDADE, DEIXANDO DE LADO MUITAS CHANCES DE SEREM UM POUCO MAIS FELIZES, O FATO DE NEGAREM A SI MESMAS O DIREITO A FELICIDADE NÃO FAZ COM QUE AS SUAS VIDAS SE TORNEM MELHORES! É UMA PENA VER UMA MULHER INFELIZ, A INFELICIDADE É UM SENTIMENTO QUE NÃO FOI FEITO PARA O CORAÇÃO DA MULHER. PENA QUE SEJA ASSIM!

    ResponderExcluir
  9. eu li o livro por que era um trabalho da escola, e o final, na minha opinião,foi ridículo. Catarina só faltou lamber os pés de Petrucchio. se humilhou de um jeito... se desprezou de um jeito que tive até raiva de ler. achei uma grande porcaria. *(é por isso que eu amo Machado de Assis)*

    ResponderExcluir
  10. esse livro é um livro muito é dos machista
    a catarina acaba se tornando a anastacia do seculo passado.. pura submissa.. pode esse livro

    ResponderExcluir
  11. O texto A MEGERA DOMADA é realmente machista. Mas, na verdade, ele mostra o período em que Sakespeare vivia. Mostra atitudes da mulher que seriam inconcebíveis nos dias de hoje.

    ResponderExcluir